quarta-feira, 11 de Abril de 2012

Angola - Saurimo



Uma refeição tipicamente angolana. Da feijoada com dem dem até às lagartas que são uma extraordinária fonte de proteinas.

Vinhos do Douro na Revista Decanter de Maio

A Revista de Vinhos "Decanter" classificou uma enorme quantidade de vinhos tintos do douro, tendo havido classificações muito boas. Com 5 estrelas o "Decanter Award" classificou 4 vinhos.
Quinta de La Rosa, La Rosa Reserva 2009 - 19,17pts
Quinta do Passadouro, Reserva 2009 - 18,67pts
Quinta do Crasto, Vinha Maria Teresa 2009 - 18,64 pts
Wine & Soul, Pintas - 18,5 pts
Tabela de 0 a 20

sábado, 17 de Março de 2012

sexta-feira, 9 de Março de 2012

PINTAS na Revista Decanter

O Pintas 2008 obteve uma excelente apreciação na revista Decanter, como se pode ver da análise que a seguir se publica.

Wine & Soul, Pintas, Douro 2008

Really elegant lift to the fruit and very fragrant incense-like oak. Lovely sweetness on the palate, with magical brightness to the acidity and very firm tannin structure. Tight, ripe density. 18pts/20
Price: £39.19 Nickolls & Perks
Drink: 2011–2020
Alc: 14.5%

quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012

PINTAS 2001 a 2010


Na revista "Wine a essência do vinho" de Fevereiro de 2012 pode ler-se as notas da prova vertical realizada por Rui Falcão (RF) ao vinho Pintas produzido pela Wine & Soul saido da parceria entre Sandra Tavares da Silva e Jorge Serôdio Borges.
Segundo  RF o 2007 atinge a maior classificação com 19 pontos (classificação de 0a 20), seguindo-se o 2004 3 2008 com 18,5. A classificação mais baixa é a de 2001 com 17 pontos.
Segundo ainda RF " Um vinho que celebra agora a sua primeira década, momento perfeito para uma primeira avaliação de conjunto, momento perfeito para análise da evolução e do potencial de envelhecimento de um dos ícones do Douro. Nos mentideros do vinho correu muitas vezes o rumor que os vinhos do Douro da nova geração, de que o Pintas é um dos expoentes máximos, terão dificuldadeem envelhecer, evoluindo sem dignidade e sem honra, sem elegância, morrendo cedo e sem certificar a maioria das promessas adiantadas na fase da juventude.
Uma asserção que esta primeira década do Pintas desmente de forma categórica, afirmando-se mesmo pelo oposto, pelo brilhantismo da evolução, pela juventude quase irreal da maioria das colheitas, mesmo nos anos mais improváveis, como 2002 ou 2006, anos de gestão complicada no Douro. São raras as ocasiões de numa prova vertical conseguir dez vinhos seguidos de tamanha qualidade e consistência, de sinais de identidade tão demarcados... "

segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2012

Os Melhores do Ano 2011


A Revista de Vinhos apresentou "os melhores do ano 2011"

Na categoria   PRÉMIOS DE EXCELÊNCIA foram premiados os seguintes vinhos:


Murganheira Millésime Távora Varosa Espumante branco 2004
Vértice Douro Espumante Millésime 2007
Quinta do Crasto Maria Teresa Douro tinto 2009
Quinta da Gaivosa Douro tinto 2008
Duorum Vinhas Velhas Douro Reserva tinto 2009
Quinta do Vale Meão Douro tinto 2009
Poeira Douro tinto 2009
Quinta da Touriga-Chã Douro tinto 2008
Batuta Douro tinto 2009
La Rosa Douro Reserva tinto 2009
Passadouro Douro Reserva tinto 2009
Antónia Adelaide Ferreira Douro tinto 2008
Pintas Douro tinto 2009
Carrocel Dão tinto 2008
Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador Dão branco 2010
Primus Dão branco 2010
Quinta das Bágeiras Bairrada Garrafeira branco 2009
Scala Coeli Reg. Alentejano tinto 2009
Cortes de Cima Reg. Alentejano Reserva tinto 2008
Esporão Private Selection Alentejo tinto 2008
Solar dos Lobos Reg. Alentejano Grande Escolha tinto 2009
Blog Reg. Alentejano tinto 2009
Mouchão Reg. Alentejano tinto 2006
Taylor’s Vargellas Vinha Velha Vinho do Porto Vintage 2009
Fonseca Vinho do Porto Vintage 2009
Quinta do Vesúvio Vinho do Porto Vintage 2009
Dow’s Quinta Senhora da Ribeira Vinho do Porto Vintage 2009
José Maria da Fonseca Setúbal Moscatel Roxo 20 Anos
Bacalhôa Moscatel de Setúbal Roxo 2000
Blandys Madeira Frasqueira Sercial 1966

Curioso verificar que dos 30 vinhos selecionados foram contempladas 7 Regiões tendo o Douro obtido supremacia em relação às demais regiões.

Douro: 1 Espumante, 11 Tintos e 4 Generosos.
Távora-Varosa: 1 Espumante
Dão: 2 Brancos e 1 Tinto
Bairrada: 1 Branco
Alentejo: 6 Tintos
Setubal: 2 Moscatel
Madeira: 1 Sercial